Onde comprar "Os meninos da Rua Beto"



Divirta-se com um livro diferente de todos que você já leu!

"OS MENINOS DA RUA BETO"

acesse:

http://inquietovagalume.blogspot.com.br/p/os-meninos-da-rua-beto.html

.

domingo, 13 de julho de 2014

Infância roubada

Ele era criança numa época em que a infância se estendia até os treze, quatorze anos.
Ele tinha doze. Mais bonito do que o seu irmão mais velho, e bem mais infantil.
Brincávamos todos juntos, a molecada da rua.
Um dia houve uma quermesse na igreja do bairro; quase todo mundo foi. Na hora de voltar para casa, já tarde da noite, descobriram que o menino tinha desaparecido.
Não existia telefone nas redondezas; só se podia bater nas portas das casas, uma a uma, perguntando se alguém o tinha visto em algum lugar.
Apenas na manhã seguinte, quando foram pedir ajuda a uma amiga da família, descobriram onde ele havia passado a noite.
Essa amiga era uma senhora viúva, sem filhos, que morava sozinha. Ele estava lá, e chorava pedindo para não voltar pra casa.
Foi trazido de volta, mas passou dias sem sair à porta. Quando saiu, estava triste, distante. Tentou brincar como sempre, mas não era mais a mesma coisa.
A pedófila não foi denunciada. Se a vítima tivesse sido uma menina, ou o agressor um homem, é provável que os pais tivessem dado parte à polícia. Mas, do jeito que aconteceu, ficou por isso mesmo.
A família mudou-se de lá. Nunca mais o vimos. Espero que ele tenha conseguido, de alguma forma, reencontrar a sua alegria.
Imagem: http://www.leegallery.com

Nenhum comentário: