Onde comprar "Os meninos da Rua Beto"



Divirta-se com um livro diferente de todos que você já leu!

"OS MENINOS DA RUA BETO"

acesse:

http://inquietovagalume.blogspot.com.br/p/os-meninos-da-rua-beto.html

.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Bibi

Uma certa manhã, naquele estado entre o sono e a vigília, naqueles momentos em que a realidade e o sonho dissolvem os seus contornos e se misturam, ouvi uma criança gritando angustiadamente:

“Bibi! Bibi! Bibi!”

Era tão triste o seu chamado, tão tocante e doído, que tive certeza de ser a expressão de uma grande perda.

Quem era Bibi, para essa criança? Uma babá, uma irmã, uma amiguinha?

Quem quer que fosse, era alguém que estava indo embora. Ou que já tinha ido. Para não voltar.

Ela continuava chamando: “Bibi! Bibi! Bibi!”

A sua tristeza começou a entrar em mim e passei a sentir a sua dor. Existe maior padecimento do que a perda de alguém que se ama? É uma noite fria que entra no coração e lá permanece para sempre. Uma escuridão e um desamparo que jamais cessarão.

Acordei. Não era uma criança gritando. Era um passarinho cantando. O seu canto havia fluído para dentro do meu sonho e lá foi transmutado em um lamento de adeus.

Se não existia criança, se não existia Bibi, de onde tinha vindo toda a melancolia que experimentei?

Quem era a minha Bibi?

Imagem: http://www.leisacollins.com

Nenhum comentário: